Arquivo da categoria ‘Politica’

Dilma ou Serra?

Nessas ultima semanas fiz uma enquete sobre isso, inaugurando uma nova sessão de enquetes do blog.

O meu resultado não confere com as pesquisas do Datafolha, Ibope, ou qualquer outro instituto de pesquisa conhecido. Todos podem conferir no meu  blog o resultado.

O que realmente importa de tudo isso? O que todos devem ter em mente nesse dia tão importante para nossas vidas?

Que independente de pesquisa de opinião, todos devemos acreditar num pais melhor, temos que acreditar e ter a certeza  de que o voto é o único meio de tentarmos mudar alguma coisa.

Atitude, isso mesmo. Com um simples direito adquirido, o voto, você pode fazer a sua parte, votando no candidato com as melhores propostas e com a melhor intenção.

Pesquise seu candidato, veja seu passado, veja seu currículo, analise suas propostas. Não deixe de votar, independente de sua escolha.

Temos que fazer nossa parte, e votar de forma consciente, independente de pesquisas de opinião, de perspectivas, de tendências. Fazer nossa parte significa, não deixar de votar, termos o nosso próprio voto, o nosso próprio candidato a nossa própria opinião formada.

Espero que independente do candidato que se eleger tenhamos quatro anos de prosperidade e avanços importantes.  

E ao candidato que perder, nos resta torcer para que faça uma oposição descente,  sempre de forma construtiva, para um pais melhor.

Uma ótima semana a todos e não deixe de fazer a sua parte.

Anúncios

Indignação.

Publicado: agosto 9, 2009 em Politica

Essa semana li uma matéria  que falava da produtividade dos parlamentares  e seus salários. Fiquei indignado ao ver os números e o vídeo acima vem pra complementar o post.

Em termos de salários, o Brasil se equipara aos de países ricos. Entre os emergentes, só a Argentina paga mais.

Se falarmos de produtividade, desde 2003 foram apresentadas 22132 propostas por deputados e senadores,  sendo que 14558 foram requerimentos e matérias com pouco ou nenhum impacto na coletividade, exemplos: homenagens, batismo de ruas e criação de datas comemorativas.  Somente 7574 foram matérias com algum impacto na coletividade, exemplos: Desde mudanças em taxas e impostos até propostas de construção de monumentos.

Dessas propostas apresentadas, o volume de projetos com impacto – não necessariamente positivo ou relevante – na sociedade aprovadas no Congresso nos últimos seis anos corresponde a um décimo das propostas de baixo  impacto e pouco relevantes que tiveram aprovação.

Apenas 262 com impacto na coletividade foram aprovados, contra 2539 sem impacto na coletividade aprovados e 2501 homenagens aprovadas. Um verdadeiro absurdo!! Indignação!

Nossa única forma de conter essa pouca vergonha é através do voto consciente, ano que vem temos eleição pessoal, vamos pesquisar sobre nossos candidatos,  com a internet  temos todas as informações nas mãos. Vamos aos poucos tirar os 300 picaretas , frase que ecoou o senado em 1993, dita pelo nosso atual Presidente e o mesmo que hoje defende algumas das poucas vergonhas do senado e acha tudo isso muito normal.

APROVEITO PARA DESEJAR A TODOS OS PAIS, UM OTIMO E FELIZ DIA DOS PAIS, EM ESPECIAL AO MEU VELHO QUE ALÉM DE SER UM GRANDE PAI, É UM GRANDE AMIGO E PARCEIRO PRA TODAS AS HORAS!! UM GRANDE HERÓI E  EXEMPLO PRA MIM!!

PAIZÃO FELIZ DIA DOS PAIS!!! COMO DIZEM AS GIRIAS ATUAIS!!   TAMO JUNTO!!!