Arquivo de janeiro, 2010

Nova semana se inicia, família toda de volta, casa normalizada. Mesmo tendo que dividir as atenções, esse final de semana consegui ler um pouco. Digamos que um momento rápido de leitura enquanto aguardava meu carro no lava rápido, sem as crianças e tomando um café na padaria, momento raro quando se tem dois filhos pequenos.

Li um artigo que falava sobre comunicação,  em ter mais interatividade e menos reuniões, assunto bem atual e que é comum nas empresas.

As pessoas confundem ter menos reuniões com menos interatividade, e isso pode ser feito de outras formas, não necessariamente  em uma reunião.

Com o cenário econômico difícil do ano passado, os profissionais tiveram que rever seu comportamento no  trabalho e propor novas formas de lidar com antigos e recentes desafios.

A habilidade de se comunicar bem é uma competência que teve grande relevância segundo 40 presidentes de grandes empresas no Brasil, ouvidos no fim de 2009 pela Passarelli Consultores.

As empresas este ano, devem ir além de treinamentos em comunicações , investirem em redes sociais corporativas, uma espécie de twitter privado.

Essas redes corporativas, segundo entendidos no assunto promovem maior interatividade e aumentam o nível de satisfação no escritório.

Grandes empresas já usam o artifício e aprovam o recurso, como é o caso da IBM. Mas há quem veja essas redes sociais corporativas de forma negativa alegando perda de produtividade.

Quer algo mais improdutivo do que muitas longas reuniões de equipe,  comuns em todas as empresas?

Existem muitos links, artigos e informações na internet sobre redes sociais corporativas.

Seguem alguns links  bacanas sobre o assunto:

http://www.itweb.com.br/noticias/index.asp?cod=63092

http://cio.uol.com.br/gestao/2009/04/27/desafio-das-redes-sociais-corporativas-trazer-novos-beneficios-a-usuarios/

http://www.slideshare.net/mnegrini/redes-sociais-551212

http://www.filipesouza.com.br/palavras/?p=60

Anúncios

Familia.

Publicado: janeiro 25, 2010 em Assuntos gerais
Tags:, , ,

Começo a semana sem minha esposa e filhos, aproveitaram o feriado e vão esticar mais uns dias por lá. Crianças em férias , muita disposição e energia pra gastar, precisam de espaço.

Já sinto saudades dos meus pequenos;

Já sinto saudades da minha querida esposa;

Casa vazia, sem graça, sem sentido;

Falta bagunça;

Falta choradeira das crianças;

Falta  gargalhadas;

Falta conversas;

Falta amor;

Falta carinho;

Falta companhia;

Falta preocupação;

Acho que tudo isso é o amor..

É a minha vida;

Vivo por eles;

Faço tudo por eles;

Conquisto tudo por eles;

Me supero por eles;

Cresço  e aprendo cada vez mais por eles e com eles;

É a minha família, que me conforta e que ma faz viver..

Mesmo há alguns quilômetros daqui, estão no pensamento e no coração..

Dessa forma deixo aqui para os amigos a dica  e o recado da semana:

Curtam suas famílias com intensidade, não desperdicem momentos inesquecíveis com seus filhos,  pais, esposa ou marido. O Tempo passa rápido e não volta atrás, quando menos esperamos , já foi, já passou..

Boa semana a todos.

Essa semana vou compartilhar com os amigos leitores do meu blog  um texto que achei muito bacana sobre motivação profissional,  algumas dicas fundamentais para se tornar reconhecido e valorizado, obtendo assim a realização profissional.

Por Wagner Campos

Certamente isso já fez parte de sua vida ou você já presenciou situações em que apesar de fazer tudo certo, alguém que tinha a mesma função dentro da empresa e exercia as mesmas atividades ou responsabilidades foi promovido, conseguiu aumentos salariais e freqüentemente é citado como exemplo, enquanto você nem ao menos é lembrado, e às vezes sente-se desvalorizado e sem reconhecimento.

Sinto-me na obrigação de dizer que o grande culpado por isso tudo pode ser você mesmo. Exceções à parte, o que provavelmente esteja ocorrendo é a falta de seu marketing pessoal. E o que é isso?

Quando falamos de um produto, sabemos que existem esforços para que ele seja notado, apreciado e adquirido. São os esforços de marketing. Meios que visam potencializar as vendas dos produtos, utilizando a divulgação através da promoção, propaganda, embalagem etc.

O marketing pessoal é a mesma coisa, porém em benefício de sua própria carreira. É fazer-se notado! Não simplesmente ser notado, mas ser notado por suas qualidades, habilidades e competências. Não é ser o chamado “puxa- saco”.

Ser notado desnecessariamente e por suas “aparições” tolas é péssimo, uma vez que será lembrado, com freqüência, que não é um bom profissional. Neste caso, aquele ditado: “falem mal, mas falem de mim” não é um bom lema, uma vez que falar mal significa comentar que você não é a pessoa ou o profissional ideal.

Então, o que devemos fazer para termos um bom marketing pessoal e sermos reconhecidos e valorizados, obtendo assim o sucesso e a realização profissional?

Seguem algumas dicas:

1. Você deve ter liderança, desenvolvendo assim habilidades de influenciar pessoas e ser um formador de opinião.

2. Deve transmitir confiança aos seus chefes e companheiros de trabalho. Deve ser a pessoa que todos sabem que se algo precisa ser bem feito, tem que ser feito por você.

3. Precisa saber o que está fazendo e porque está fazendo. Fuja de fazer apenas algo que mandam fazer, sem saber do que se trata. Diferencie-se, torne-se um especialista em suas atividades e o motivo para a execução delas.

4. Saiba trabalhar em equipe e administrar conflitos. Mesmo que você tenha mais habilidades em determinadas atividades, colabore para o desenvolvimento de seus colegas de trabalho. Afinal, uma equipe coesa produz mais, melhor e com maior satisfação.

5. Saiba valorizar seu trabalho e apresente bons resultados. Tenha uma boa visibilidade. Sempre que tiver oportunidade, além dos resultados apresente seus projetos e idéias, mesmo que informalmente.

6. Seja uma pessoa otimista e bem-humorada. Ninguém gosta de rabugentos, aqueles profissionais cuja presença faz murchar até o pequeno cacto ao lado da mesa. Pessoas otimistas e bem humoradas proporcionam um ambiente agradável e irradiam bem- estar a todos à sua volta.

7.Faça um bom planejamento de onde pretende chegar. Qual situação que almeja profissionalmente, e tenha paciência. Tudo acontecerá ao seu tempo desde que, obviamente, você direcione seus esforços para realizar-se, conforme o planejado.

E lembre-se: se estiver participando de um processo seletivo ou de seu primeiro emprego através de um estágio, saiba o que você pode oferecer para a empresa. Não vá para aprender, mas para contribuir. A empresa quer resultados e não é uma escola. Com certeza você aprenderá muito na organização e obterá excelentes experiências, mas isso deverá ser conseqüência de seu trabalho e não apenas um processo de aprendizado.

*O autor é Especialista em Marketing. É Palestrante em Vendas, Motivação e Liderança. É Consultor de Empresas e Diretor da True Consultoria, mais informações no site http://www.trueconsultoria.com.br

Que venha 2010…

Publicado: janeiro 3, 2010 em Comportamento
Tags:, , ,

E mais um ano se foi.  Ano inesquecível para uns, sofrível para outros, e para muitos, um ano para se esquecer!

Iniciam-se novos desafios, projetos, planos, metas, objetivos, promessas, sonhos…

Aos que não concluíram seus projetos e sonhos em 2009, mais uma chance de concretizarem, aos que concluíram, um ano para novos sonhos e projetos.

Para alguns apenas mais um ano, para outros, mais aprendizado, desenvolvimento, experiências e mais amadurecimento.

Ano pra nos preocuparmos com a elegância no comportamento, aquela que não se ensina e que talvez, por isso esteja cada vez mais rara.

É aquela que nos acompanha desde o primeira hora da manhã até a hora de dormir e se manifesta nas situações mais cotidianas.

É possível detectá-la nas pessoas que mais escutam do que falam, e quando falam não perdem tempo com fofocas.

É possível detectá-la nas pessoas que mais elogiam do que criticam.

Em pessoas pontuais, em pessoas que evitam assuntos constrangedores, porque não tem prazer em humilhar os outros.

Em 2010, vamos desenvolver a arte de conviver,  que independe de status social.

Vamos desenvolver relacionamentos cordiais, sólidos e  sinceros.

O maior desafio  não é conquistar amigos e sim mantê-los. Em  2010 vamos, além de manter , conquistar novos amigos.

No lado profissional, ano para mais amadurecimento e profissionalização, ser  realmente bom no que faz, estudar, pesquisar,  aprender, se não em centros de ensino, na vida, com amigos, com funcionários, parentes,  trocando experiências e situações.

Ano para ensinar, para repassar conhecimento aos que desejam e tem carência.

Aos que apenas criticam, ano para ajudar, ser cordial, sugerir  e se disponibilizar.

Ano para se movimentar, exercitar, cuidar da saúde.

E com saúde, fé, dedicação e muito trabalho:

Que venha 2010.