Dinheiro também pode ser um problema

Publicado: julho 13, 2009 em Comportamento

1158790_72982735

Esse final de semana estava lendo um artigo que relatava os problemas que o dinheiro pode trazer e resolvi compartilhar o assunto.  É fato que ter problemas com dinheiro  é muito melhor que ter problemas sem o dinheiro, mas existem varias situações que preocupam a cabeça dos novos ricos, conflitos que aqueles que batalharam para enriquecer enfrentam, até que aprendam os códigos dos privilegiados desde o berço.

Embora ainda não tenha embasamento por pesquisas científicas, ser rico de nascença e ou ficar rico de uma hora pra outra é complicado, pois o sofrimento que isso trás é tanto que surgem doenças emocionais  provenientes do complexo de se perceber poderoso e que são inerentes à  nova condição.

Quando esses indivíduos percebem que saíram da normalidade e passam para uma turma que corresponde a uma minoria,descobrem que não é nada bom ser uma exceção.

Quem já  nasce rico, chega ao mundo com DNA 50% acostumado a lidar com os melindres que a vida apronta com os portadores de grandes fortunas, pois alguns de seus antecessores, já passaram , lá trás, pela provação de ter mudado sua condição social. Estes por sua vez colaboraram  com seus descendentes que desde pequenos sabem que são diferentes e tratam de só lidar com iguais para evitar problemas.

Ter sido pobre, bem de vida e se tornar milionário, pode gerar sérias seqüelas psicológicas.

Isso por que a espontaneidade dos amigos antigos e colegas de lazer com o novo rico se acabam e  o novo rico demora a ser recebido e reconhecido  com transito livre pelos ricos de longa data.

Passada a alegria de ter milhões e milhões na conta, as minhocas na cabeça dão cria e os sintomas de complexo começam a pipocar.

Depois de se estabelecerem como os novos endinheirados os coitados:

1 – Começam a ter pânico de gente ( pensam que dez entre dez não ricos que deles se aproximam querem na verdade lhes enfiar a  faca)

2 – Perdem a espontaneidade de dar, receber e até emprestar

3- Acham que todos os ex-amigos têm inveja deles e que preferiam vê-los mortos

4- Eles se vêem como centro de pesquisa dos escritores de novela, roteiristas de cinema.

Assistimos freqüentemente pessoas que escondem  viagens dos amigos, comemorações festivas, atividades sociais, acabam se trancando nos medos, paranóicos e tristes, pois perdem a liberdade conquistada e prazeres tão indispensáveis para a saúde emocional.

O dinheiro pode ser, muitas vezes, um empobrecimento se ele não puder ser usado com liberdade e na ampliação da capacidade de transformação.

Como estamos em uma nova era, vamos  valorizar uma outra nova  riqueza, que é o respeito humano, o resgate do fazer o bem.  Dessa forma acredito que  todos nós nos sentiríamos mais ricos, mais sensíveis as fragilidades humanas, pessoas menos perseguidas e seríamos muito, mas muito mais felizes e melhores como seres humanos.

Boa semana a todos e até o próximo post.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s